Pular para o conteúdo principal

Postagens

Como o lobby afetou as decisões do governo de Dilma Rousseff por Caroline de Souza Frasão

Dissertação: Lobby e Proteção da Indústria: uma análise do Plano Brasil Maior 
AUTORA Caroline de Souza Frassão, Universidade de São Paulo 
ORIENTADOR Wagner Pralon Mancuso 
ÁREA E SUB-ÁREA Ciência Política, Comportamento político; lobbying 
DEFENDIDA EM Universidade de São Paulo, Ciência Política 9/9/17



https://www.nexojornal.com.br/academico/2017/09/13/Como-o-lobby-afetou-as-decis%C3%B5es-do-governo-de-Dilma-Rousseff
Postagens recentes

ADVOCACY: estratégia para gerar mudanças reais na sociedade

4º SIMPÓSIO DO TERCEIRO SETOR - UNIMEP 2017
ADVOCACY: estratégia para gerar mudanças reais na sociedade

10 de outubro de 2017
16:00h às 21:00h
Sala Vermelha 
Unimep - Campus Taquaral

Programação:
16h
Abertura do Seminário (Unimep e Imaflora)

16h15h às 17h
Isabella Henriques (Instituto Alana)

17h às 17h45h
Pedro Telles (Greenpeace)

17h45 às 18h30
Felippe Angeli (Instituto Sou da Paz)

18h30 às 19h
Intervalo

19h às 20h
Quais são as capacidades necessárias para
influenciar políticas públicas? (RenatoMorgado/Imaflora e Andréa Gozetto/FGV)

20h às 21h 
Mesa redonda (Alana, Greenpeace e Sou da Paz)


Inscreva-se: ecliente4.com.br/terceirosetor


Evento discute engajamento e mobilização para advocacy via redes sociais na FGV/EAESP

Maiores informações e inscrições:http://gvredes.com.br/evento/mobilizacao-e-engajamento-para-advocacy-via-redes-sociais/

lobby no Brasil precisa de regras?

Atividade regulamentada em diversos países, lobby no Brasil precisa de regras. Entenda! A Casa Branca e o vizinho hotel Willard (canto direito), em Washington, cujo térreo (o lobby) virou sinônimo da prática de influenciar poderosos || Foto OTOs Buyenlarge Fazer lobby no Brasil envolve dinheiro e favores indevidos, mas projetos de lei tendem a disciplinar a atividade, que já é regulamentada em diversos países Por Eloá Orazem para a Revista PODER de agosto “Atividade de pressão por parte de um grupo organizado, a fim de exercer influência no voto de parlamentares, conforme determinados interesses”, eis a definição da palavra lobby segundo o dicionário Michaelis. No Brasil o vocábulo tem conotação negativa, pois o lobby está na raiz de diversos escândalos, mas ele pode parodoxalmente ser indicativo de processos bem conduzidos, já que faculta a participação dos diversos atores interessados ou impactados por determinados temas. Mas é preciso primeiro regularizá-lo. A entronização do …

Gaudêncio Torquato defende a regulamentação do lobby no Blog do Noblat

O combate ao poder invisível 20/08/2017 - 01h05 Parcela considerável do contencioso que cerca a crise que afunda o país gira em torno das relações promíscuas entre a gestão pública, os políticos e os círculos de negócios. Esse é o triângulo que sustenta os bolsões de corrupção que têm se alastrado nos subterrâneos do Estado, aqui e alhures, bastando ver o que também ocorre em outros países de feição democrática. É o que também descreve Roger-Gerard Schwartzenberg no clássico Sociologia Política, no capítulo em que trata da tecnodemocracia. Ao se considerar que a res publica sempre despertará a atenção dos agentes negociais, ante a inexorável tendência de conjunção de interesses dos universos público e privado, resta imaginar uma forma capaz de dar plena transparência às relações entre o Estado e seus prestadores de serviços. Nessa complexa teia de relacionamentos, emerge o fenômeno do lobby. Há um projeto em tramitação no Congresso que trata dessa matéria tão estigmatizada. Pois…

Você sabe o que é advocacy?

É muito interessante ver iniciativas como essa do Politize! O tema é super atual e há pouquíssima bibliografia em português. Portanto, aproveito para divulgar e recomendar a leitura. Para quem se interessar pelo assunto, há como se aprofundar na temática. A Fundação Getúlio Vargas oferece um curso de curta duração em Advocacy. Já houve duas turmas em São Paulo e duas novas terão início nesse semestre, uma no Rio de Janeiro e outra em Brasília. Para maiores informações, acesse: Rio de Janeiro http://mgm-brasilia.fgv.br/cursos/advocacy-politicas-publicas-teoria-pratica-0 Brasília http://mgm-brasilia.fgv.br/cursos/advocacy-politicas-publicas-teoria-pratica-0 ADVOCACY: O QUE É? Existem alguns meios pelos quais os cidadãos podem lutar por seus direitos e ter sua voz ouvida pelos formuladores de políticas públicas e tomadores de decisão. Um desses meios é o advocacy! Vamos entender do que se trata esse termo diferente e como ele colabora para o exercício da cidadania? O QUE É ADVOCACY? O …

Honestidade, integridade e credibilidade

Às Claras - Jota Por Andréa Oliveira Gozetto Cientista Política, pós-doutora em Administração Pública, é coordenadora acadêmica do MBA em Economia e Gestão - Relações Governamentais da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Em 2006, Connor MacGrath publicou um interessante artigo intitulado “The ideal lobbyist[1]”. Nesse artigo, ele apresentou os resultados de uma pesquisa que havia realizado com 60 profissionais de relações governamentais que operavam em Washington, Londres e Bruxelas. Seu objetivo foi apreender quais eram as mais importantes características pessoais que um profissional de relações governamentais deveria possuir para ter sucesso em seu trabalho. A partir da análise dos relatos obtidos, ele identificou 6 características fundamentais, a saber: (1) capacidade de ouvir atentamente; (2) capacidade de observação; (3) cortesia; (4) capacidade de relacionar-se; (5) honestidade e (6) integridade e credibilidade. Apesar de todas elas serem essenciais, o autor ressalta que o sucesso…

Resultados da pesquisa do IrelGov sobre a reputação do profissional de relações governamentais já estão disponíveis