Pular para o conteúdo principal

Postagens

Consulta pública sobre projeto para regulamentação do lobby (FGV e Transparência Internacional)

O projeto de lei que pretende regulamentar o lobby no Brasil deverá ser apreciado até o final de março!
É importante que todos participem dessa discussão. Por isso, divulgo um trabalho sensacional realizado pelo Centro de Justiça e Sociedade (FGV Direito Rio) e o Grupo de Estudos Anticorrupção (FGV Direito SP), em parceria com a Transparência Internacional - Programa Brasil. Juntos, elesdesenvolveram um conjunto de medidas normativas anticorrupção.
Eu fui uma das especialistas convidadas para elaborar minutas de proposições legislativas sobre a regulamentação do lobby. A minuta que elaborei foi submetidas a um processo de revisão por outros especialistas (blind peer review) e, agora, encontra-se em consulta pública. Cidadãos e organizações da sociedade civil poderão apresentar críticas e sugestões às proposições elaboradas.
Participe!

Postagens recentes

Governo reconhece lobby como profissão. Por que isso ainda diz pouco

Lilian Venturini 21 Fev 2018 (atualizado 21/Fev 18h36) 
Inclusão de atividades em lista federal de ocupação é mais um passo para formalização da prática, que há duas décadas está à espera de regulamentação


O lobby entrou para a lista de atividades reconhecidas como ocupação pelo Ministério do Trabalho. A inclusão significa que a pasta passou a considerar como ofício a atuação de quem defende interesses de empresas e organizações junto a agentes públicos e políticos. A Classificação Brasileira de Ocupações é atualizada constantemente para, segundo o ministério, acompanhar o “dinamismo das ocupações”, considerando as mudanças nos cenários tecnológico, econômico, cultural e social. Há registros sobre a atividade do lobby no país ao menos desde 1940. O reconhecimento como ocupação dá mais segurança ao trabalhador, mas a profissão de lobista, como tal, continua sem uma lei específica que determine o que pode ou não ser feito por este profissional. Cercada de desinformações e ao mesmo tempo e…

Matéria veiculada pelo Jornal da Cultura discute o reconhecimento da ocupação do profissional de relações institucionais e governamentais pelo Ministério do Trabalho

O Jornal da Cultura veiculou ontem a noite uma excelente matéria sobre o reconhecimento da ocupação de relações institucionais e governamentais. Os alunos do MBA em Relações Governamentais da FGV em São Paulo marcaram presença. 

Importante ressaltar que o profissional de relações institucionais e governamentais não é um vendedor. Esse profissional leva informações ao governo sobre a organização que representa e traz para a organização informações relevantes sobre o processo decisório estatal. Portanto, propagandistas da indústria farmacêutica não são profissionais de relações governamentais. 

Após a matéria, o Prof. Villa esclareceu o público sobre a importância da atividade de lobby e a necessidade de regulamentação. 

Confiram a íntegra da matéria: http://www.info4.com.br/ver/ver.asp?bA=MTE3NTA5NQ&YQ=MTQzMg&Yw=NDA0MQ&b3JpZ2Vt=ZW1haWw=&ZGF0YQ=MjcvMDIvMjAxOA

Lobby precisa ser regulamentado e tirado das sombras, defende Nelson Jobim em artigo na Folha de São Paulo

A sinergia entre Relações Governamentais e Compliance em perspectiva estratégica.

Convido a todos para o Q & A "A sinergia entre Relações Governamentais e Compliance em perspectiva  estratégica" com Daniel Sibille, Diogo Brunacci e Thiago Jabor

Sobre os palestrantes:

Daniel Sibille, Executivo da área de Compliance, possui
larga experiência em desenvolvimento e realização de treinamento para funcionários,
equipes de vendas e parceiros de negócios em políticas internas, FCPA, éticas de
negócios e padrões anticorrupção. Pós-graduado em Direito Empresarial (FGV) e em
Direito Civil (Mackenzie), cursando MBA em Marketing, Inovação e Empreendedorismo
(PUC -RS) e é bacharel em Direito (Mackenzie). É coordenador acadêmico da LEC e
professor convidado da FGV-RJ e Insper - SP.

Diogo Brunacci, Executivo da área de Relações Governamentais, atuou em empresas
farmacêuticas, entre elas Eli Lilly, Sanofi-Aventis e Amgen, e em diferentes indústrias,
com um papel de liderança na British American Tobacco, Vale e SAP. Cursou o
mestrado profissional em Gestão e Políticas P…

Ministério do Trabalho reconhece lobby como ocupação

Atividade recebeu nome de ‘profissional de relações institucionais e governamentais’
POR BÁRBARA NASCIMENTO 19/02/2018 17:22 / atualizado 19/02/2018 18:43
BRASÍLIA — O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) reconheceu o lobby como ocupação. A atividade, sob o nome de “profissional de relações institucionais e governamentais”, foi incluída na lista de Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Essa lista reconhece, nomeia e codifica as profissões e atividades e descreve as características das ocupações do mercado de trabalho brasileiro. A classificação, no entanto, não inclui apenas profissões regulamentadas. Nela também estão profissões não formais. Ou seja, mesmo com a presença na lista do MTE, a atividade do lobby continua desregulamentada. Segundo a descrição do ministério, o profissional de relações institucionais e governamentais é responsável por elaborar planos estratégicos nas áreas de comercialização, marketing e comunicação para empresas, além de assessorar diretoria e setores …

LOBBY INTERNACIONAL

Reportagem publicada no jornal inglês The Guardian no último domingo aponta que o ministro de comércio britânico teria feito lobby junto ao secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia do Brasil, Paulo Pedrosa, em favor das empresas BP, Shell e Premier Oil. A notícia veio à tona porque a ONG Greenpeace teve acesso a documentos oficiais do governo britânico, que agora está sendo acusado de agir para isentar impostos e flexibilizar licenças ambientais para a indústria de petróleo. Vale lembrar que Paulo Pedrosa é o grande articulador de projetos como a privatização da Eletrobras e ligado a grupos econômicos e fundos de investimentos que podem ser beneficiados com esses negócios (ler mais aqui). Em resposta à grave notícia, na última quarta-feira congressistas da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional -- Roberto Requião (PMDB-PR), Gleisi Hoffman (PT-PR), Humberto Costa (PT-PE) e Lindbergh Farias (PT-RJ), entre outros -- apresentaram uma denúncia à Procuradoria …

Reputação e Credenciais Acadêmicas

Durante a interessante apresentação dos resultados da 2ª fase da pesquisa sobre Reputação realizada pelo IrelGov (Instituto de Relações Governamentais) uma questão me inquietou.
Afinal, o que realmente pode contribuir para ajudar alguém a criar e manter uma boa reputação como profissional da área de Relações Governamentais? Fui buscar entender o que a teoria sobre reputação pessoal tem a nos dizer e veja só o que encontrei.
A teoria do Capital Humano defende que um indivíduo melhora sua reputação na medida em que adquire mais conhecimento, habilidades e credenciais acadêmicosem sua área de expertise. Sendo assim, seria interessante  sustentar sua reputação em  experiência empírica e, também, em títulos de especialização na área. 
O que estou querendo dizer é que além de se manter atualizado e em busca constante por conhecimento, certificações e diplomas específicos relacionados à área de atuação podem contribuir fortemente para elevar a reputação desses profissionais.
Fico extremamente fe…

Aumente sua Persuasão e Influência em 55%!

Oi, tudo bem? Estou passando só para lembrar que hoje é o ÚLTIMO DIA para se inscrever no Workshop Persuasão e Influência. Como não sabemos se teremos outras turmas, esta é a sua oportunidade! Aumente sua Persuasão e Influência em 55%! Clique Agora e Inscreva-se! Este Workshop será realizado no dia 11/11, das 8:30 às 12:00, no Auditório da Inova Business School - em São Paulo/SP, próximo da Av Paulista. Especialmente neste Workshop estamos com uma oferta especial: na compra do seu ingresso, você poderá levar um amigo com você! Porém, para organizarmos o evento, esta oferta ficará disponível apenas até hoje, dia 3/11. E temos vagas limitadas devido ao espaço do auditório, ok? Clique aqui e faça sua inscrição! Até lá! Andréa Gozetto Telefone: (11) 98111-2451 E-mail: andrea@oficinarelgov.com.br Blog: https://www.lobbying.com.br Twitter: https://twitter.com/agozetto Facebook: https://www.facebook.com/andrea.oliveiragozetto Youtube: https://www.youtube.com/user/acjoliveira Linkedin: https://…

Workshop Persuasão e Influência - Aumente em 55% a sua capacidade de persuadir e influenciar pessoas

Oi, tudo bem? Algumas pessoas ficaram curiosas para saber de onde eu tirei os 55%... de aumento na capacidade de Persuasão e Influência com o nosso Workshop, então resolvi escrever este post. Os estudos mostram que grande parte da nossa comunicação não depende apenas do O QUE é dito mas COMO é dito. Na verdade, as palavras representam somente 7% da nossa comunicação. A maior parte da nossa comunicação (55%) se dá pela nossa Expressão Corporal, e os outros 38% pelo nosso componente vocal - como tom, volume, pausas... Incrível, não é...  Aí entendemos o porquê temos tantos problemas de comunicação através de e-mails! Ou como nossas posturas e emoções podem influenciar a nossa comunicação. O interessante é que entendendo isso, podemos SIM desenvolver a nossa comunicação. Parece simples, não é? Mas não é fácil. O que acontece quando estamos em uma reunião ou negociação, é que a nossa atenção não está no COMO nos expressamos. Ou seja, estamos perdendo uma oportunidade de melhorar grande p…