Pular para o conteúdo principal

O MBA em Relações Governamentais da FGV Rio de Janeiro convida para a palestra do Prof. Vitélio Brustollin, intitulada "Políticas Públicas: a atuação do Estado no desenvolvimento científico e tecnológico"

POLÍTICAS PÚBLICAS: A ATUAÇÃO DO ESTADO NO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO VITÉLIO BRUSTOLIN (UFF) Data: 01/07/2015 Hora: 19:00 Local: FGV BOTAFOGO - Praia de Botafogo, 190 - 8° andar - Sl. 823 PALESTRA Algumas das principais inovações científicas e tecnológicas desenvolvidas a partir da Segunda Guerra Mundial foram iniciadas como empreendimentos militares, embora, sem tardar, tenham sido empregadas para uso civil. Os Estados Unidos foram pioneiros nesse processo, institucionalizando políticas públicas de integração entre governo, indústrias e universidades para vencer a Guerra. Posteriormente esse modelo foi empregado para antagonizar a – hoje extinta – União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) na hegemonia científico-tecnológica e militar do planeta. Partindo-se desse estudo de caso, a palestra analisa situações paralelas, como as da Coreia do Sul e de Israel, contrapondo-os às políticas públicas de estímulo à inovação praticadas no Brasil. PALESTRANTE Vitelio Marcos Brustolin. Fellow e Visiting Researcher PhD na Harvard Law School (Direito) e no Harvard Department of History of Science (História da Ciência), professor adjunto da Universidade Federal Fluminense (UFF). É Mestre e Doutor em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (UFRJ). Possui formação em Ciências Jurídicas (Direito) e Ciências Sociais pela Universidade Regional Integrada - URI, bem como, titulação em Comunicação Social. Foi Analista de Gestão no Governo do Estado do Rio de Janeiro. Atua, também, como consultor do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) para a Presidência do Brasil. Palestra do MBA Executivo em Economia e Gestão: Relações Governamentais. Inscrições: http://mgm-rio.fgv.br/eventos/politicas-publicas-atuacao-estado-desenvolvimento-cientifico-tecnologico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quais habilidades o profissional de relações governamentais deve aprimorar para melhorar a sua performance?

Katz[1], classifica as habilidades necessárias a um profissional de gestão em três grupos principais: habilidade técnica, humana e conceitual. Essa tipologia nos será útil para entender quais desses grupos de habilidades são mais importantes para profissionais que, como você, exercem a atividade de relações governamentais. Vamos iniciar pelas habilidades técnicas, o grupo menos complexo, segundo Katz. Apesar de essenciais, as habilidades técnicas são menos complexas, pois podem ser desenvolvidas mais facilmente, bastando ao profissional adquirir conhecimentos, métodos e aprender a utilizar os equipamentos necessários para a realização de suas tarefas. Obter ou aprimorar conhecimentos sobre políticas públicas setoriais, processo decisório, processo legislativo, negociação e argumentação são um grande diferencial para esse profissional. Porém, caso haja alguma lacuna a ser preenchida, um bom workshop, curso de extensão ou pós-graduação lato sensu pode auxiliar o profissional a desenvolve…

Como aumentar a sua capacidade de persuasão?

Oi! Tudo bem?
Semana passada, enfocamos o grupo de habilidades conceituais, pois ao desenvolver essas habilidades o profissional aprimora sua capacidade prospectiva, analítica e estratégica ao aprender a pensar de forma criativa e inovadora e, ao mesmo tempo compreender ideias abstratas e processos complicados.
Porém, para persuadir e influenciar os tomadores de decisão não basta possuir um rol de habilidades técnicas e conceituais bem desenvolvido. O grupo de habilidades humana é essencial para que o profissional de relações governamentais alcance o seu objetivo: influenciar. Para influenciar é preciso persuadir. Assim, qual seria o melhor caminho para aumentar a capacidade de persuasão?
Primeiramente, é preciso destruir um mito que já se encontra enraizado em nossas mentes. É comum ouvir pessoas dizendo que algumas habilidades, como por exemplo, comunicação, expressão e observação são inatas. Portanto, se você não consegue se comunicar com outros de maneira assertiva, jamais poderá apr…

Qual habilidade desenvolver para alcançar seus objetivos?

Como você bem sabe, o profissional de relações governamentais é o agente responsável por construir um relacionamento sólido e duradouro entre a organização que representa e o governo.
Aqueles que atuam na área, como você, reconhecem que o estabelecimento desse relacionamento é muito positivo, tanto para os tomadores de decisão quanto para os grupos de interesse. Reconhecem também que os grupos de interesse colaboram para com o processo decisório estatal ao levar aos tomadores de decisão informações que eles nem sempre possuem, o que os capacitam a tomar decisões mais equilibradas acerca de importantes questões que impactam a sociedade civil e o mercado.
Mas, você já parou para pensar sobre quais são as habilidades mais importantes para o exercício da sua atividade? O que garante que o tomador de decisão leve em consideração a informação que você fornece em detrimento da fornecida por outro grupo?
É certo que você precisa compreender profundamente questões técnicas que envolvem tanto a …