sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Veja quanto as empresas de TI gastaram com lobby em 2015

Maioria das grandes empresas de tecnologia aumentou a quantidade de dinheiro gasto tentando influenciar legisladores nos Estados Unidos IDG News Service 21 de Janeiro de 2016 - 13h01 White Papers Por trás desse aumento está um “empurrão” do setor de TI para reduzir ou acabar com as regulações que estão fazendo as empresas desacelerarem seus negócios à medida que expandem em outros setores da economia, como carros e aparelhos médicos. O Google gastou mais em lobby do que qualquer outra empresa de tecnologia, apesar de o total de gastos em 2015, cerca de US$ 16,7 milhões ficar sido 1% menor do que o registrado no ano anterior. Esse valor foi gasto fazendo lobby áreas tradicionais de tecnologia como cibersegurança e competição online, problemas de grandes empresas, vistos de trabalho para imigrantes, e áreas conectadas com as pesquisas, como energia eólica. Antes, as empresas de telecomunicações eram as que mais gastavam com lobby no setor de tecnologia nos EUA. Isso mudou há cerca de 10 anos quando as empresas de TI perceberam que dinheiro podia comprar poder e influência em Washington. De qualquer forma, o mercado de telecom continua gastando bastante com lobby. Em 2015, a Comcast desembolsou US$ 15,6 milhões; a AT&T gastou US$ 14,9 milhões, e a Verizon aplicou cerca de US$ 11,4 milhões. Bem atrás aparecem gigantes de TI, como Facebook, com US$ 9,8 milhões; Amazon, com US$ 9,1 milhões; e Microsoft, com US$ 8,5 milhões. A Apple vem bem depois, com “apenas” US$ 4,5 milhões, pouco menos que IBM e Intel, cada uma com gastos na casa dos US$ 4,6 milhões. Vale notar que boa parte desses gastos não é feito diretamente pelas empresas, apesar de as maiores do mercado possuírem os seus próprios “lobbystas” na equipe. Muitas das empresas contratam um ou mais empresas de lobby baseadas em Washington que cobram uma taxa mensal pelos seus serviços. Veja quanto as empresas de TI e Telecom gastaram com lobby em 2015 nos Estados Unidos: Amazon US$ 9,1 milhões Apple US$ 4,5 milhões AT&T US$ 14,9 milhões Comcast US$ 15,6 milhões CTA US$ 4 milhões CTIA US$ 10,1 milhões Facebook US$ 9,8 milhões HP US$ 3,4 milhões Google US$ 16,7 milhões IBM US$ 4,6 milhões Intel US$ 4,6 milhões Microsoft US$ 8,5 milhões NCTA US$ 14,1 milhões Oracle US$ 7,5 milhões Qualcomm US$ 7,9 milhões USTA US$ 5,2 milhões Verizon US$ 11,4 milhões

Nenhum comentário: